URGENTE

31/05/2019 14:38

Julgamento de processo da cassação da prefeita de Camamu é adiado

Na última sessão que ocorreu em setembro de 2018, foi pedido vistas do processo

Especialistas dizem que em questão de tempo, Ioná deverá estar fora do comando de Camamu com problemas em nível jurídico federal.

Foi adiada a sessão desta quinta (30), onde ministros do Tribunal Superior Eleitoral, julgariam o processo que pede a cassação da prefeita Ioná Queiroz (PT), de Camamu.

A gestora que conseguiu participação nas eleições devido a um recurso pedido no Tribunal Regional Eleitoral, poderá não ter a mesma sorte, se os ministros acompanharem o relator que demonstrou optar pela cassação da comandante do município de Camamu.

Na última sessão
O relator do caso, ministro Admar Gonzaga, votou pela confirmação da inelegibilidade da petista e, consequentemente, pela realização de novas eleições. O voto dele foi acompanhado por outros dois ministros, mas o pedido de vistas do ministro Alexandre de Moraes interrompeu o julgamento.

A situação da prefeita é considerada delicada. Isso porque ela já tem três votos contrários dos sete ministros. Caso mais um siga o relator, a cassação será confirmada. 

O centro do imbróglio é o prazo da inelegibilidade dela, que finalizou no dia 5 de outubro de 2016. Contudo, as eleições ocorreram no dia 2. Como só foi diplomada em 2017, ela sustenta que poderia concorrer. Já o relator entende que, por três dias, ela não poderia disputar.

A sessão poderá acontecer na próxima terça (4), conforme informou a assessoria de imprensa do TSE à Livre.


ItaipavaRico empresalogsiteBanner 340x250
522x380
522x380

Contato

Livre Notícias é um site de notícias gerais do Baixo Sul, Recôncavo e capital baiana. Voltado para a imparcialidade em todos os fatos, nos envolvemos na sociedade baiana com um modo diferenciado de fazer jornalismo. Livre Notícias, aqui, a verdade! Jornalista Responsável: Wellingthon Anunpciação / MTB - 0005897

© 2016 Livre Notícias Valença-BA